16 junho 2017

Perfume Flagrant Shine - Água de cheiro


Comprei esse perfume há uns três anos e ele acabou agora, depois de me dedicar a seu uso intensivo no Project Pan, onde a gente se concentra no uso de alguns produtos até acabar,  bom para fazer os produtos circularem pois muitas vezes deixamos alguns itens que gostamos encostados.

Apesar desse tempo todo que tenho nunca comentei sobre ele aqui. 

Foi uma edição limitada da água de cheiro e creio que encerrou no mesmo ano que comprei pois outras amigas quiseram comprar e não encontraram na época.

É uma baunilhinha bem delicada e gostosinha. A duração no corpo até que era boa, umas 6 horas.
Eu usei principalmente antes de dormir nos dias mais frios porque é um cheirinho muito confortável. Dá vontade de ficar cheirando o tempo todo.

06 junho 2017

Me preparando para o inverno

O inverno está começando, mas como friorenta que sou já me preparei.

Comprei vários itens que vão melhorar minha vida nesse tempo:

  • Renovei o estoque de cápsulas para a minha Dolce Gusto (sim, comprei um monte do meu favorito Chococcino caramel). Uso minha "cafeteira" no trabalho e considero que é o melhor local para seu uso, onde precisamos de coisas mais práticas. Para uso exclusivamente doméstico acho desnecessário e caro. Em casa conseguimos fazer bebidas bem mais gostosas a um bom preço

  • Comprei mais umas caixinhas de chás e infusões (prefiro as feitas de flores e frutas. Gosto também de tomar chá preto com leite)

  • Comprei dois sabonete mais cremosos e hidratante. Gosto muito do oil cream da Dove e costumava estocar mas desta vez tenho um grande da Aveeno 350ml  e um ISDIN douche 500ml 


  • Comprei mais hidratantes potentes. Gosto muito de manteigas de hidratação também mas essas embalagens pump são muito mais práticas

  • Deixei minhas cobertinhas em um cesto na sala para quando eu quiser me aquecer quando estiver assistindo as séries

  • Também comprei um protetor solar mais hidratante, um da ISDIN. Eu tenho a pele mista então protores com toque seco até funcionam bem para mim na maior parte do ano. Costumo evitar os matificantes, mas gosto muito do ADatina matte para o verão. O segredo é realmente usar uma textura de acordo com a época e o clima. Como no inverno é mais seco minha pele que tende a ficar ressecada vai responder melhor com uma textura mais hidratante.


  • Uns dois meses antes gosto de analisar  se preciso comprar alguma roupa roupa ou calçado (casaco, pijama, meias, botas) Comprei apenas um pijama novo e doei um antigo 



  • Sempre tenho Bepantol em casa. Na época seca mais ainda para passar nos pes e até mesmo no rosto nos momentos de maior crise de ressecamento




  • Sempre tenho hidratantes para lábios em tudo quanto é lado, bolsa, escrivaninha de casa, trabalho, carro e ao lado da cama. Tenho um pequeno grande estoque




  • Hidratante para mãos também são itens de grande consumo. Estoque foi renovado esses dias.




  • Tenho um Hidratante faciail da Shiseido que é bem potente. Já uso há dois invernos (é muito pesado para outra época do ano)no período da noite. Comprei tres tubinhos do Cicatri correct Revitalift laser x3 da Loreal porque amei a textura para usar durante o dias nesses meses mais secos e frios. Infelizmente é pequenino tem apenas 30ml




  •  E claro água termal é um item que não falta aqui em casa. Apesar de fria gosto de usar pois alivia muito quando a pele está repuxando. Principalmente porque trabalho com ar condicionado ligado o tempo todo. Minha alma fica ressecada.


Essa aí foi minha listinha nada básica de coisas que providencio para me preparar para todo inverno. Obviamente tem coisa que tem em quantidade maior do que preciso para apenas um inverno, mas no fim das contas tudo é usado mesmo que num período maior e tenho conseguido mais qualidade e conforto para atravessar esse período tão frio, seco e incômodo para mim.

Livro lido: A Bibliotecária de Auschwitz - Antonio G. Iturbe

Li outro livro tocante e bem cru sobre os horrores nos campos de concentração durante a segunda guerra mundial. 

O livro também traz um relato muito envolvente sobre a importância dos livros para manutenção da consciência humana e de sua cultura e claro a paixão que eles provocam.


TítuloA Bibliotecária de Auschwitz
AutorAntonio G. Iturbe
Editora: Agir
Páginas: 372




04 junho 2017

Perfume Glamour Myriad - O Boticario

Mais um para a série Perfume dos outros.

Ganhei esse frasco da minha amiga Aline para colocar na coleção de frascos de perfumes. Como eu nunca usei esse Glamour Myriad achei interessante dar uma pesquisada nas características do perfume pois tem um cheirinho bem gostoso que me lembra muito minha amiga.


Apesar de ser uma edição limitada ele ainda está disponível no site.

Eu não sou fã do Glamour original, acho um perfume bem sem graça, na verdade fraco e com cheiro que não me agrada. Por outro lado gosto do cheiro do Myriad, mas eu tenho uma lembrança desagradável pois uma das minhas irmãs usava perfume em doses excessivas e este foi uma arma dessa fase dela. Felizmente hoje em dia ela aliviou a mão na hora de apertar o spray e o olfato da humanidade agradece :)

Quando lançaram esse em 2015 fiquei curiosa para ver o que tinha dado do mix de um perfume fraco e desagradável e de outro perfume que na minha lembrança era forte e por seu excesso (no calor ainda) era desagradável. Por outro lado não empolguei de ir procurar, me enche muito o saco esse aspecto tão comercial do negocio perfumístico do botica que nem se dá ao trabalho de lançar um frasco diferente e suas repetições de fragrâncias sem nem atender o pedido das fãs que pedem a tempos pelo retorno do Myriad.

Vamos as impressões que tive do perfume:
Acho o cheiro gostosinho. Pra mim é um jasmin frutadinho com um Q de ambar. Gostosinho mesmo. Aquele gostosinho que não é ruim, mas não é maravilhoso ao ponto de me fazer querer correr para comprar. Uma versão bem mais suave do Myriad original.

Achei estranho que não há uma discriminação muito clara das notas olfativas, a descrição é beeem vaga

Notas verdes, notas florais, notas frutadas, notas amadeiradas e notas especiadas

E ambar :)

O que consta na descrição no site do Botica:

família Floriental GourmandGlamour Myriad possui um toque sensual e marcante. Sua fragrância abre com o frescor de notas frescas e frutais, passa por notas florais e especiadas e seu fundo é marcado pelo calor de notas ambaradas e amadeiradas.

Enfim, ganhou o Oscar de descrição mais vaga do oeste.

Como já recebi o frasco seco não consegui borrifar na pele para experimentar sua evolução nem a fixação, mas minha amiga disse que fica esse mesmo cheiro que sinto no frasco (que já falei achar gostoso) mas que ele não dura nada na pele dela, que é oleosa (ou seja era para durar muito). Me disse também que ela prefere o Myriad original. Que esse é muito fraco.

Vi muitas críticas em relação à fixação dele realmente e outra coisa que vi demais foram comentários de que não há nada do Glamour nele o que concordo plenamente. Também vi vários comentários de que ele seria uma versão aguada do Myriad. E acho que é mesmo uma versão mais leve dele.

É uma versão que me agrada pelo aroma gostosinho, mas não compraria pois, acho o preço salgado R$ 115 para uma releitura com fixação que deixa a desejar.

03 junho 2017

Saquinho coletor para fezes de pet


Esses saquinhos não são novidades no mercado mas senti muita vontade de falar sobre porque ando vendo muita caca de cachorro por aí. Hoje mesmo um senhor passeava com três cães alegres e contentes e deixou todos os cocozinhos para trás sem a menor cerimônia. Um absurdo.

Muito desagradável. Enfeia a cidade e faz feder além de deixar as pessoas à mercê de acidentes.

Entendo que é obrigação dos donos de cachorros recolher as fezes dos seus bichinhos, manter a cidade limpa recolhendo imediatamente a caca e jogando na lixeira mais próxima. 

Coisa simples de fazer. Só levar uma sacolinha na hora do passeio. Pode ser qualquer sacolinha, mas no mercado existe há tempos essas específicas 


Portáteis, pequenas para levar mas com ótimo tamanho para usar


O tamanho garante que a gente faça a coleta sem ter contato direto com as fezes


E como elas são bem grandinhas, da tranquilo para pegar a caca e com folga dar um nó no saquinho antes de jogar na lixeira 


Simples demais. 
Esse Rosinha é até perfumado :)

Eu levo apenas um saquinho quando vou passear C minha cachorrinha mas existem porta rolinhos que tem ganchinhos para ser pendurados mantendo a mão livre até para carregar.
Pode pendurar até na cimeira do cachorro

Não tem dificuldade para manter a cidade limpa, falta só as pessoas terem é usarem a educação é o respeito aos outros. 

28 maio 2017

Perfumes Paris elysees


Acho legal ter a opção de perfumes mais em conta que são inspirados ou similares a importados.

Nem sempre temos bons produtos. Mas muitas vezes temos ótimos. E tem também aqueles casos que a pessoa pode usar o fake no dia à dia e usar o original em ocasiões mais especiais, garantindo uma economia e o uso do cheiro que agrada.

Sempre que tem similar, coloco na postagem do perfume os que conheço. Mas resolvi listar os que conheço de acordo com as marcas copistas.

Vou listar aqui, os da Paris Elysees


 marca que já conheci algumas unidade e me agradaram bastante, tanto que volta e meia compro um da marca para presentear as amigas.

Vou colocar os femininos, por nome dado pela marca e os que teriam inspirado (google ajudou), bem como marcar  com * os que já experimentei e meus comentários sobre, se achei de fato semelhante ou mesmo igual.



* Amour Toujours - Amor Amor, Cacharel
  Anna - Anaïs Anaïs, Cacharel
  Arum Luxure - Be Delicious, Donna Karan
*Billion Woman - Lady Million, Paco Rabanne - bem parecido
*Black Caviar Feminino - Armani Code, Giorgio Armani - muito gostoso e semelhante
  Black Purple - Crystal Noir, Versace
  Bloom - Femme Individuelle, Montblanc
  Blue Feeling - Amarige, Givenchy
  Blue Lazer - Light Blue, Dolce & Gabbana
*Blue Notes - Angel, Thierry Mugler - parece mesmo, mas como não gosto do original, já viu
  Blue Spirit - Angel, Thierry Mugler
  Clethra - Hypnôse, Lancôme
  Dancing Feminino -  Classique, Jean Paul Gaultier
  Destinée - Pleasures, Lauder
  Extasia - Euphoria, Calvin Klein
  Daniella Sabrini - Gabriela Sabatini
  Distinction - Prada
  Fatale - Animale
  French Touch - Paris, Yves Saint Lauren
* Gaby - Dolce & Gabbana EDT. Idêntico ao original (tampa vermelha). Gruda na pele, não quer sair mais. Detesto o original e este é uma cópia fiel, com uma fixação enorme
*I Love P.E. - J'adore, Dior - muuuuuito parecido.
* Illusion - Hypnôse, Lancôme. Muito parecido. Gostoso mesmo.
  Image - Amarige, Givenchy
* It's LifeFantasy, Britney Spears. Não é idêntico, mas é bem semelhante, quem gosta do original terá uma opção barata para usar no dia a dia

  Je Vous Aime - Flower by Kenzo


  Lass - CH, Carolina Herrera
  Lovely Lovely - Lolita Lempicka
*Miss Elysées - Chanel nº 5 - parecido demais.
* Miss Vodka - 212 Vip, Carolina Herrera - muito parecido, bem gostosinho mesmo.
   Mots D'Amour - Insolence, Guerlain
*  Noces D'eteKenzo by Kenzo. Usei há muitos anos atrás. Acho que uns 10 anos. Bem parecido, mas acabei enjoando. E pelo que vi ambos sairam de linha. Tanto o original quanto a cópia.
  Nuit Bleue -  Mademoiselle, Chanel
  Nuits Mauves - Elle, Yves Saint Laurent
  Petit Bisou - Lou Lou, Cacharel
  Rick N'Pretty - Ricci Ricci, Nina Ricci
  Rouge Amour - Nina, Nina Ricci
* Royal Flower - Laguna, Salvador Dali. Bem parecido com o Laguna mesmo.
  Scent of a Women - 212 Feminino, Carolina Herrera
  Sentimental - Chance, Chanel
*Sexy Woman - 212 Sexy Feminino, Carolina Herrera - Excelente cópia. Acho que é a melhor cópia da marca
  Strass - Flora by Gucci
  Sucess Love - Incredible, Escada
  Sweet & Strong - Ange ou Démon, Givenchy
  Tendance - Light Blue, Dolce & Gabbana
  Triomphe Avenue - 5th Avenue, Elizabeth Arden
* Vodka Love - Midnight Fantasy, Britney Spears. Parece demais. Muito bom mesmo
* Unik The One, Dolce & Gabanna. Pouca semelhança. Acho que quando a gente cheira no frasco, mas aplicado na pele, fica bem diferente.
  Yes - Mediterranée, Estée Lauder


Curiosamente a marca já lançou mais de um perfume inspirado no mesmo. Fora que tem os casos que foram descontinuados. Alguns tem um que substitui, outros sairam de linha mesmo.

26 maio 2017

Produtos acabados (83)



Gel Humectante de Aloe Vera, Banana Boat:  é um hidratante em gel excelente. Hidrata muito bem e não pesa na pele. É ótimo para dias quentes e viagens na praia. Quando comprei paguei bem barato nesse tubo enorme e ele durou bastante. Infelizmente não estou encontrando outro para comprar.

Protetor solar Pro Summer: gosto muito desse protetor, tem uma textura ótima, parece um hidratante, não é pegajoso nem brilhoso como muitos. Também tem o cheiro bem suave.

Protetor facial Nivea Sun: Ele é bem oleosinho, acho pesado para o dia a dia, mas uma opção barata para usar na praia.

Creme para pentear Alta moda, Alfaparf: Sinceramente não fiquei muito fã. Não achei com efeito muito bom nem muito hidratante ou controlador de frizz e acho que pesa o cabelo

Oleo de argan Alta moda, Alfaparf: gosto muito e preciso de oleos para cabelos, mas esse não me agradou muito. Achei muito pesado no cabelo.


24 maio 2017

As pessoas que nos cobram tanto um consumo

Nesse tempo de interesse e admiração pelo estilo vida minimalista eu adorei ler o depoimento da Caroline Martins que recebeu muitas críticas na internet por usar as mesmas roupas durante sua participação no programa Master Chef Brasil. Tapa na cara das pessoas que insistem em ignorar as maravilhas do sabão e da máquina de lavar e insistem em cobrar das pessoas (e muitas vezes de si mesmo) uma postura consumista que não faz sentido:

"Jovens, estou recebendo várias menções no Twitter sobre sempre usar as mesmas roupas, e acho legal compartilhar com vocês a ideologia por trás disso, pois este estilo de vida vai muito mais além das minhas vestimentas.
Com uma infância/adolescência um tanto quanto clichê, a TV sempre teve grande influência na minha fomação sociológica. Cresci acreditando que a sociedade só me aceitaria se eu estivesse dentro do "peso ideal", se eu estivesse com os cabelos lindos e sedosos, e também acreditava que só seria aceita se estivesse bem vestida e bem calçada.
Assim foi ditado, também, os meus 20 anos. Chapinha nos cabelos toda manhã para ir a faculdade. Maquiagem para esconder as olheiras. Unhas pintadas e cutículas aparadas. Dieta 24 horas por dia. E as roupas? Sapatos? Mesmo vivendo com pouco durante a faculdade, sempre achava uma forma de comprar roupas novas a cada visita ao shopping. Cartão Marisa: check! Cartão C&A: check! Cartão Renner: check! Inúmeros carnês de lojas populares, típicas de centrão de cidade do interior.
Durante o mestrado, ganhando um pouquinho a mais, dá-lhe quimica nos cabelos para alisa-los, dá-lhe dietas, dá-lhe liquidação de lojas populares. Afinal, pra quê apenas 1 casaco se podemos comprar 7 casacos, e dividir tudo em 10 parcelas, para aproveitar aquele frio entorpecente do inverno em Rio Claro (mínima 30 graus) ?!
No doutorado mudei para uma cidade maior, amigos diferentes, ambiente diferente, pagamento maior, e como acreditava que o meu valor era ditado pela minha aparência: dá-lhe mega hair nos cabelos, dá-lhe mais dietas, dá-lhe Carmem Steffens, dá-lhe Mr. Office, dá-lhe Zara. Cartão de crédito sempre estourado. Sempre sem dinheiro. Viagem com os amigos? Não posso. Dinheiro para um bom vinho? Não tenho. Tickets para assistir show das minha bandas favoritas? Não posso comprar. Dinheiro para comer em um bom restaurante? Não tenho.
O que eu tinha? Muitas roupas, muitos calçados, cintura 36, cabelos longos e sedosos, maquiagem top pra rebocar meu rosto e, claro, não pode faltar, creme anti rugas. Pois onde já se viu a mulher com quase 30 anos não usando creme anti idade?!
Aos 27 anos me preparava para iniciar um pós doutorado nos Estados Unidos. Tinha tudo para estar em êxtase. Porém, a idéia de inciar uma nova fase em outro país estava me causando mais ansiedade do que felicidade. E se não gostarem de mim? Será que estou muito gorda? Será que a minha pele está manchada? Será que meu mega hair está hidratado? Como vou levar tantas roupa/sapato se o limite de peso da mala é 32 kilos? Será que as minhas roupas e calçados estão ultrapassados? Brega? Fora de moda?
Até que me dei conta: por que diabos estas perguntas estão brotando na minha cabeça neste momento? Por que estou tão focada na minha aparência, ao invés de estar focada nesta oportunidade estupenda de se viver em outro país, conhecer outra cultura, visitar novos lugares e trabalhar ao lado de feras da minha area?
Neste vortex de ansiedade e conflito, resolvi fazer o seguinte experimento: eu me mudaria para Austin levando uma mala com apenas 6 trocas de roupa e 2 pares de calçados. Eu passaria seis meses com "apenas" estas coisas. A minha mãe achou que eu estivesse ficando louca. E eu realmente estava. Louca e cansada de carregar tanta bagagem, tantas opções de vestimenta, e mesmo assim tanta insegurança sobre a opnião das pessoas ao meu respeito.
Nas primeiras semanas de trabalho eu ficava com medo das pessoas notarem que eu sempre usava as mesmas roupas. Na portaria do meu dormitório tinha medo até mesmo do porteiro notar. Sabe o que aconteceu? Ninguém notou. Em seis meses ninguém reparou as repetições das minha roupas ou dos sapatos. Ou se notaram, não verbalizaram.
Depois de 6 meses percebi que todas as minha neuras não mais faziam sentido. Percebi que as pessoas que gostaria que ficassem ao meu lado, não se baseariam apenas no que visto e no que calço. Se baseariam em suas afinidades para comigo.
Pela primeira vez experimentei a sensação de liberdade. Liberdade pois sei que carregava comigo somente o necessario, nada de excessos. Liberdade pois talvez eu não seja delimitada apenas pela minha aparência. Liberdade pois agora, finalmente, tinha dinheiro e limite no cartão para fazer tudo que realmente gosto.
Após estes seis meses, fui me libertando de coisas que achava essenciais: não preciso hidratar os cabelos 1 vez por mês; Não preciso remover cutículas toda semana; Não preciso usar salto alto no meu trabalho. Não preciso nem ao menos rebocar meu rosto para ir trabalhar. E por ai vai...
Quando voltei ao Brasil mantive a mesma ideologia: 6 trocas de roupa, 2 pares de calçado, apenas o básico. Somente o que me faz feliz. Este estilo de vida minimalista esta me trazendo muita alegria. Poderia dizer que esta me trazendo até mesmo paz. Hoje em dia posso utilizar meu dinheiro de forma mais proveitosa. Churrasco para amigos e familiares. Viagens com meu marido. Deliciosas garrafas de Cote du Rhone. Tudo que sempre quis fazer, porém estava muito ocupada gastando o meu dinheiro no shopping procurando pelo "look perfeito".
Me desprender do consumismo excessivo foi uma das minhas melhores decisões. Então, coleguinhas que me perguntam, a resposta é: Sim! Só tenho estas roupas! E, Sim! Só tenho duas botinhas! Com muito orgulho!  "

Caroline Martins ( depoimento feito após receber muitas críticas na internet por usar as mesmas roupas durante sua participação no programa Master Chef Brasil 2017)









😃



Livro lido: O diário de Anne Frank


Finalmente li o livro O Diário de Anne Frank.
Queria ler há bastante tempo pois é um grande representante do medo dos judeus perseguidos durante a segunda guerra mundial.

Recomendo a leitura. É um texto mais intenso pois apesar de ser escrito na forma de diário, a adolescente Anne Frank é uma adolescente muito mais instruída e madura do que o que chamamos hoje de adolescente. Ela relata seus dramas juvenis sim, mas  o livro em geral é composto de várias reflexões sobre convivência e medo. Que eram os principais problemas que os afligiam naquele esconderijo.

22 maio 2017

Fragmentadora


Comprei a minha há muitos anos e uso uma vez por semana ou a cada quinze dias para correspondências normais. Não é um item caro e apesar de ate usar com frequência a minha eu não considero um item fundamental para uso doméstico, mas eu acho barato e considero um item bem prático para organizar a minha papelada.

Ela é um cesto plastico retangular (como uma lixeira) com um motor com entrada para papel e seu corte em cima.

Acho mais pratica e segura do que rasgar na mão, mas para quem descarta poucos documentos que possuem informações importantes, rasgar com as mãos mesmo na hora mesmo que percebe que não será muito útil já funciona bem. Eu costumo acumular um pouco o q vai p lixo, deixando em uma pilhinha p descarte semanal.

Ela trabalha intensamente quando vou fazer uma limpeza no arquivo e quero me desfazer do que já passou de cinco anos (atenção que tem documentos que precisa guardar por mais tempo).

Não sei se comprarei outra quando essa estragar pois venho reduzindo bastante a papelada que recebo e buscando opções de digitalizar para armazenar o que terei que manter arquivado por mais tempo. Acredito que seu eu mantiver uma casa onde tenha a figura do cantinho do escritório eu continue com uma, pois preciso de uma lixeira de qualquer modo, então é bom ter uma que tenha algo mais a oferecer.